quinta-feira, 13 de maio de 2010

Passo-a-passo de uma reforma de cadeira.

Tudo começou assim. Uma cadeira cheia de sequelas de guerra. Da guerra do dia a dia. Minha filha tem essa cadeira há bastante tempo e a gente não sai sem ela. Mas também não precisava ficar nesse estado...
Peguei a coragem e a tesoura e tirei o pior. Arranquei e abri com a tesoura onde tinha costura pra poder pegar o molde.

Passei o molde pra cartolina, e como boa virginiana que sou desenhei um lado dobrei ao meio e passei o desenho pra outra metade pra ficar certinho.



Molde pronto, peguei o acrilon e cortei com alguma sobra nas laterais.
Escolhi um tecido mega fofo (claro :-D) e passei o molde para o verso.
Cortei com uma margem de costura.
Posicionei o tecido em cima do acrilon. Não coloquei o tecido de fundo porque tinha um plano para fixar nos braços da cadeirinha sem usar chapinhas, ou pregos, por motivos óbvios.
Passei uma costura em volta para prender no acrilon e cortei o excesso.

Na parte de baixo, que fica pra dentro do braço da cadeira, precisava de um viés para acabamento. Prendi um daqueles prontos. Dobrei para o avesso e passei uma costura para prender.



Obrei ao meio, frente com frente e passei uma costura.

Ficou assim:
Na parte de cima, que fica pra fora do braço da cadeira, dobre conforme a foto e costure. Veja como eu fiz:
Vire para o lado certo e veja se o acabamento está OK.
Agora é só encaixar no braço da cadeira.

Lembra que eu disse que tinha um plano para prender no braço da cadeira? Não deu pra tirar foto desta parte porque a luz acabou e flash ninguém merece.
Eu colei com cola quente o lado mais grosso do velcro na parte de cima do braço. E esta parte do velcro gruda que é uma beleza no acrilon. Ficou bem preso e bem acabado.

Não sei se esse passo-a-passo ajudou alguém. Mas pelo menos serve de inspiração pra dar uma reciclada em algum objeto da sua casa que vc não aguenta mais nem olhar...

6 comentários:

Letícia Vaz Leal disse...

amei...uma graça, deu uma luz pra quando eu precisar reformar a da Sarah que fica no meu carro, valeu !

Coisinhasdalili disse...

Que bom, Letícia! Espro ter ajudado. Bjkas na Sarah

Elza disse...

Lili Amei o tecido!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Não queres vender por e-mail
Um abraço
Loris Pinheiro

Coisinhasdalili disse...

Oi Loris, Eu só tenho um pedacinho dele e a moça com quem eu comprava parou de vender e abriu uma loja de artesanato com a mãe, mas não vende tecido...
Adorei seu blog.
Bjs Lili

Arte da Luluzinha - Ana Melo disse...

E agora ficou um "docinho"
Beijinhos

Caverna disse...
Este comentário foi removido pelo autor.